INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Maria da Glória Sampaio é a nova presidente da Fundação Cultural Maria das Dores Campos

Maria da Glória Sampaio é a nova presidente da Fundação Cultural Maria das Dores Campos

de Antônio Paulino
1794 visitas

Tomou posse na manhã desta quinta-feira, dia 14/03, na presidência da Fundação Cultural Maria das Dores Campos, a professora e artista plástica Maria da Glória Rosa Sampaio. A solenidade aconteceu no Auditório da Prefeitura de Catalão e contou com a presença de familiares, amigos e admiradores da empossada, especialmente pessoas ligadas à área da cultura da cidade, que lotaram o espaço e mostraram como é querida, respeitada e admirada a nova responsável pelo setor da cultura de Catalão. A nova presidente substitui o escritor Luiz Estêvam, que se afastou para cuidar de problemas de saúde.

Maria da Glória começou muito cedo na Educação, como ela mesma contou em seus discurso, aos 14 anos, na região rural do distrito de Pires Belo, caminhava quatro quilômetros todos os dias para dar aula para crianças e adultos que residiam nas imediações. De 1989 a 2002 ocupou o cargo de vice-prefeita, quando o prefeito foi Aguinaldo Mesquita. Nessa época ocupou também a secretaria de Educação do município.

A professora sempre teve atuação destacada na política de Catalão, apoiando amigos que se tornaram candidatos a algum cargo. Muito culta e preparada, com uma capacidade invejável de falar em público, sempre mostrou seu gosto pela cultura, pela história do município e por isso é membro da Academia Catalana de Letras, onde participa ativamente das ações da entidade.

No seu discurso de posse, fez a plateia a aplaudir diversas vezes com sua fala recheada de vocabulário rico e simples, mas que fazia a todos entender perfeitamente seu recado. Na mesa de autoridades estavam os pré-candidatos a prefeito Velomar Rios e Nelson Fayad, o vereador Jair Humberto, presidente da Câmara Municipal, junto com os prefeitos Hugo Deleon, de Três Ranchos, e Marcelo Paiva, de Anhanguera.

Após o discurso de Maria da Glória, quem fez uso da palavra foi o prefeito Adib Elias, que começou dizendo: “melhor que ela sou eu, que a escolhi“, dando a entender que também se rendeu ao talento e competência da professora Maria da Glória.

0 comentario
1

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário