Início » Setembro Amarelo| Profissionais da saúde de Catalão aprimoram conhecimentos para identificar e acolher pessoas com tendências para o autoextermínio

Setembro Amarelo| Profissionais da saúde de Catalão aprimoram conhecimentos para identificar e acolher pessoas com tendências para o autoextermínio

de Antônio Paulino
390 visitas

A Prefeitura de Catalão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I) José Evangelista da Rocha, em virtude da Campanha de Prevenção ao Suicídio – Setembro Amarelo – realizará evento direcionado aos profissionais da saúde de Catalão, para debaterem ideias com foco no autocuidado e no acolhimento do outro conscientizando também sobre a valorização da vida. 

Lorena Vargas, coordenadora geral de Saúde Mental de Catalão e organizadora da campanha, disse que o evento tem caráter de qualificação. “Preparamos uma manhã inteira de educação permanente sobre a prevenção do suicídio para capacitar os profissionais da Atenção Básica até ao servidor da saúde que atende no SAMU e UPA”, disse.

A palestra da campanha de prevenção será proferida pelo Dr. Alexandre Henrique Correia Rosa, psiquiatra do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I) José Evangelista da Rocha, que abordará o tema: Transtornos Mentais e Fatores de Risco de Suicídio.

Logo depois, será formada a mesa-redonda com profissionais integrantes da Rede de Atenção Psicossocial de Catalão (RAPS) e UFCAT.

O encontro não tratará somente das questões de prevenção ao suicídio. “Esperamos, com este evento educativo, fazer com que nossos colegas da saúde possam ter mais condições de identificar e acolher as pessoas que estão enfrentando sofrimento psíquico, e, também, promover o encaminhamento correto para cada caso em específico”, disse Lorena Vargas. 

*Serviço*

Campanha de Prevenção ao Suicídio para Profissionais da Rede de Atenção à Saúde

Dia: 22/09/2023, sexta-feira

Horário: das 8h às 11h

Local: Auditório da Prefeitura de Catalão

Evento restrito aos profissionais da saúde

*Sobre suicídio*

Nas últimas décadas, o suicídio virou caso de saúde pública, como se as autoridades de saúde estivessem enfrentando um fenômeno complexo e multifatorial. De acordo com vários órgãos de saúde, os números são relevantes.

• Média anual de suicídio no mundo: 1.000.000 de pessoas

• Média diária de suicídio no Brasil: 28 pessoas

• Faixa etária mais atingida: jovens de 15 a 19 anos

• Para cada morte por suicídio, 20 outros casos são registrados como tentativa.

SECOM | Prefeitura de Catalão

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário