Início » Aulas na rede estadual de Educação começam nesta segunda-feira (22/01)

Aulas na rede estadual de Educação começam nesta segunda-feira (22/01)

de Antônio Paulino
469 visitas

Cerca de 450 mil estudantes da rede pública estadual de Educação iniciam nesta segunda-feira (22/01) o ano letivo de 2024. A data foi definida em Calendário Escolar, aprovado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), e marca o primeiro dos 201 dias letivos deste ano. O retorno dos profissionais da Educação às escolas ocorreu nesta semana para a execução do planejamento das atividades pedagógicas e organização das ações de acolhimento aos estudantes. 

A partir de segunda-feira, os alunos da rede pública estadual receberão os kits de uniformes e materiais escolares, entregues pelo Governo de Goiás desde 2021. Neste ano, a capa dos cadernos universitários é estampada com figuras que representam a cultura e a história de Goiás e as belezas do Cerrado. Estudantes matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª série do Ensino Médio receberão, ainda, os chromebooks, computadores entregues em regime de comodato e que visam auxiliar na execução das atividades escolares. 

*Bolsa Estudo*

A Bolsa Estudo, outra ação importante, instituída ainda em 2021 para os estudantes do Ensino Médio, beneficia também a partir de agora, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental. O Governo de Goiás destinará a esses alunos, a partir de fevereiro de 2024, dez parcelas mensais no valor de R$ 111,92, bastando que os estudantes tenham frequência mínima de 75% e média bimestral mínima de 6,0 nas aulas e atividades escolares. 

*Mudanças

Em 23 unidades escolares da rede estadual, o ano letivo começa com a oferta de novas modalidades de ensino. Serão 16 escolas de tempo regular que passarão a ofertar Educação em Tempo Integral e sete unidades que se tornarão Colégios Estaduais da Polícia Militar de Goiás (CEPMGs).

O ano também começa com novidade nos 14 Centros de Ensino em Período Integral (Cepis) que integram o projeto Jornada para o Futuro. A ação, desenvolvida em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), permitirá que os estudantes cursem a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) de forma concomitante com o Ensino Médio. 

0 comentario
1

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário