CORA-banner
Início » Goiás é o quarto maior gerador de empregos do país em abril

Goiás é o quarto maior gerador de empregos do país em abril

de Antônio Paulino
393 visitas

Goiás encerrou o mês de abril deste ano com saldo positivo de 11.925 postos de trabalho formais com carteira assinada. Os dados foram divulgados na última quarta-feira (31/05) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho e da Previdência. Os números colocam o estado na primeira posição do ranking de geração de empregos na região Centro-Oeste do país e são resultado da diferença entre 77.780 admissões e 65.855 desligamentos. 

Além de liderar no Centro-Oeste, Goiás ocupa a quarta posição no ranking de estados com a maior geração de empregos formais no mês de abril, ficando atrás somente de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O saldo foi positivo nos quatro primeiros meses deste ano, e demonstra a importância de setores como serviços e indústria para a economia. Somente o primeiro que engloba, por exemplo, administração pública, defesa, seguridade social, saúde humana, informática e atividades financeiras e imobiliárias, gerou 3.844 vagas de trabalho formais em abril de 2023. Em segundo lugar, a indústria foi responsável por 2.841 oportunidades. Na sequência estão construção, com 2.531 vagas; agropecuária, com 2.317; e comércio, com 392 vagas.

O titular da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Joel Sant’Anna, reforça o crescimento nos quatro primeiros meses de 2023 e a posição de destaque ocupada por Goiás. Além de liderarmos no Centro-Oeste, temos a melhor colocação entre os estados do Norte, Nordeste e Sul. O Governo tem várias ações com foco nas pequenas e micro e pequenas empresas, além do Programa Cinturão da Moda, que gera emprego e renda em Goiânia e no interior do estado”, enfatiza.

*Cenário nacional*

O Brasil abriu 180 mil postos formais de trabalho em abril, de acordo com o Caged. Conforme o levantamento, os estados que mais geraram vagas de empregos com carteira assinada no país, em abril deste ano, foram, respectivamente, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Bahia e Paraná. 

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário