Início » Governo de Goiás anuncia parceria com Cerof para zerar fila de transplante de córnea

Governo de Goiás anuncia parceria com Cerof para zerar fila de transplante de córnea

de Antônio Paulino
508 visitas

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), vai firmar parceria com o Centro de Referência em Oftalmologia (Cerof) do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (UFG) com o objetivo de zerar a fila para transplantes de córnea em Goiás e colocar o estado na condição de exportador para o país. O anúncio foi feito nesta terça-feira (17/10) durante a solenidade de apresentação da reforma e adaptação do Banco de Olhos do Cerof. 

Com a parceria, o Estado, que tem hoje um Banco de Olhos, passará a contar com nova unidade, possibilitando o aumento das captações. Ao todo, foram realizados em 2023, entre janeiro e setembro, 460 transplantes de córneas em Goiás, o que representa um aumento de 75% em relação ao ano passado. Contudo, 1.534 pessoas ainda aguardam na fila para o transplante. 

Durante o evento de reinauguração, o titular da SES-GO, Sérgio Vencio, destacou que o Cerof é referência nacional para o tratamento de doenças oftalmológicas, entre as quais glaucoma e as diversas enfermidades na retina. “A retomada das atividades com equipamentos altamente especializados traz boas perspectivas para o aumento dos transplantes de córnea e os hospitais estaduais poderão ser utilizados para a captação desse tecido ocular”. 

O Banco de Olhos do Cerof teve as atividades paralisadas em 2019, por conta da pandemia de Covid-19. Para possibilitar a reabertura, as instalações foram reformadas e adaptadas. Além disso, foram adquiridos novos equipamentos entre os quais um microprocessador e refrigerador, onde as córneas ficam em quarentena, armazenadas, à disposição da Gerência de Transplantes. O diretor-geral do Cerof, Marcos Pereira de Ávila, explicou que a unidade deve realizar a captação em 50 doadores por mês, o equivalente a 100 córneas. “Vamos utilizar o nosso conhecimento e estrutura, que agora foi totalmente remodelada”.

De acordo com a gerente de Transplantes da SES-GO, Katiúscia Freitas, quando a unidade estiver em pleno funcionamento, as captações serão divididas por região de abrangência. “Existe a proposta do Cerof treinar profissionais de hospitais que são referências no interior, como o HCN, o Herso, o Heana, em Anápolis, para a gente ter captação no interior”, explicou. 

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário