Início » Ex-senador de Roraima é preso em Goiás e passa a noite no presídio de Aparecida de Goiânia

Ex-senador de Roraima é preso em Goiás e passa a noite no presídio de Aparecida de Goiânia

de Antônio Paulino
521 visitas

 Preso no município de Nerópolis, na região metropolitana da capital goiana, o ex-senador pelo estado de Roraima Telmário Mota foi transferido para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde passou a noite. A Polícia Civil de Roraima informou nesta quarta-feira (1º/11) que solicita o recambiamento dele para o estado.

Telmário Mota é suspeito de mandar matar a mãe da filha dele, Antônia Araújo de Sousa, de 52 anos. Ele é investigado por estrupro contra essa filha e a vítima era uma das principais testemunhas do caso. A mulher foi morta com um tiro na cabeça, três dias antes de depor em audiência sobre o crime.

Recambiamento

Ao Metrópoles, o titular da Delegacia de Investigação de Homicídios de Roraima, João Evangelista, informou que o pedido de recambiamento de Telmário Mota já está em processo de solicitação à Justiça. No entanto, por ter que obedecer ritos, não é possível determinar o prazo para que isso aconteça.

O ex-senador foi preso ao chegar na residência em que estava escondido em Goiás, após troca de informações entre as polícias Civil e Militar. Segundo informações da Polícia Civil de Goiás, Telmário estava sozinho em um carro e não esboçou reação. Inicialmente, ele ficou custodiado na Delegacia de Homicídios de Goiás, mas passou por audiência de custódia e já foi transferido para o presídio.

Prisão

De acordo com a Polícia Civil de Goiás, Telmário usou um voo comercial para chegar a Brasília, de onde pegou um ônibus interestadual e chegou ao estado vizinho. À corporação, Telmário disse que chegou a Goiás na última quinta-feira (26/10) e estava escondido na casa de uma amiga.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário