INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Homem considerado um dos maiores ladrões de banco da Bahia, morre em confronto com a Polícia Militar de Goiás

Homem considerado um dos maiores ladrões de banco da Bahia, morre em confronto com a Polícia Militar de Goiás

de Antônio Paulino
1467 visitas

Eduardo Esmael Brito, de 44 anos, tentou fugir por uma mata e atirou nos militares, que atiraram de volta. Na casa dele, a PM achou um cilindro explosivo e o esquadrão antibomba foi chamado. O confronto aconteceu em 1º de março. Segundo a PM, uma equipe que trafegava pela BR-070 avistou o suspeito em uma motocicleta e tentou abordá-lo. Mas, Eduardo ignorou a ordem de parada, entrou em uma região de mata e fugiu a pé. Os militares foram atrás dele e foram recebidos com tiros.

A equipe revidou os disparos e acabaram atingindo Eduardo. O Corpo de Bombeiros foi chamado e chegou a levar o suspeito para o Hospital Municipal Bom Jesus, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após a troca de informações, a polícia conseguiu chegar até a casa de Eduardo. Na residência dele foram encontradas diversas ferramentas e chaves, suspeitas de serem utilizadas em futuros arrombamentos a caixas eletrônicos.

Dentro de um armário, os policiais também encontraram 1kg de emulsão explosiva encartuchada. Por conta disso, o Esquadrão de Bombas do BOPE de Goiânia foi acionado para recolher o explosivo, que foi detonado em uma área segura.

Histórico violento

De acordo com os policiais, Eduardo era natural de Serrinha, na Bahia, e agia no estado no chamado “Novo Cangaço”, com armamento de grosso calibre, ao assaltar bancos e carros fortes. Entre os apelidos do suspeito estavam “Dudu”, “Paulista” ou “Mentiroso”.

Com informações do Portal G1/GO

0 comentario
1

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário