Início » Dose de reforço da vacina bivalente contra Covid já está disponível em Catalão

Dose de reforço da vacina bivalente contra Covid já está disponível em Catalão

de Antônio Paulino
771 visitas

A Secretaria Municipal de Saúde de Catalão está recomendando uma nova dose da vacina bivalente contra a Covid 19 para pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidos (pacientes com mecanismos de defesa e sistema imunológico comprometidos) acima de 12 anos de idade. O intervalo entre a última dose do imunizante deve ser de 6 meses.
A vacina já está disponível para a população no Centro Integrado de Infectologia e Imunização Profº João Martins Teixeira, que fica situado na Av. Vinte de Agosto (ao lado do SAMU), de segunda a sexta, das 8h às 11h e das 13h às 16h30.

Há necessidade da apresentação do Cartão de Vacina, RG e CPF. Se a pessoa for imunossuprimida, deve levar o Laudo Médico.
A medida segue a indicação nacional do Ministério da Saúde, em virtude do cenário epidemiológico em alguns Estados, que vêm enfrentando um aumento de casos devido a novas subvariantes da ômicron.
Apesar de ser classificado pela OMS como baixo o risco para a saúde pública ao nível global, ainda assim, o Ministério da Saúde se preocupa com a alta transmissibilidade do vírus agora em dezembro de 2023.

Maior prevenção nas festas de fim de ano
O secretário de Saúde de Catalão, Velomar Rios, explica que as vacinas contra a Covid-19 estão disponíveis, neste momento, aos idosos e imunossuprimidos e que é importante essas pessoas estarem protegidas, principalmente neste período de festas de fim de ano. “Com a vacinação em dia, estamos garantindo a proteção individual e coletiva, dessa forma, continuaremos com um cenário epidemiológico confortável”, disse.

O grupo de maior risco e que exige cuidados redobrados corresponde a idosos e imunocomprometidos. “São as pessoas que vivem com HIV, que foram transplantadas, que estão em uso de imunossupressores, com doença renal crônica em hemodiálise, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses e pessoas com neoplasias hematológicas”, disse a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica de Catalão, Ariana Martins da Costa.

A Secretaria Municipal de Saúde de Catalão reforça ainda a importância de serem mantidas medidas não farmacológicas para a redução dos riscos da infecção ou disseminação da Covid-19 e outros vírus respiratórios, como: usar máscaras de qualidade; ter boa ventilação nos ambientes; evitar aglomerações e ambientes fechados ou mal ventilados; e a higienização das mãos com álcool 70% ou água e sabão.
A partir de 2024, a vacina contra a Covid passará a integrar o Calendário Nacional de Vacinação. A recomendação vai priorizar crianças, idosos e outros grupos prioritários. Com isso, a vacina passará a ser aplicada todos os anos.

SECOM | Prefeitura de Catalão

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário