INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Goiás Social Mulher ultrapassa a marca de 156 mil atendimentos

Goiás Social Mulher ultrapassa a marca de 156 mil atendimentos

de Antônio Paulino
1470 visitas

A primeira edição do Goiás Social Mulher chegou à marca de 156.868 atendimentos realizados em apenas cinco dias de funcionamento. De segunda (4/3), quando foi aberto ao público, até a última sexta-feira (8), penúltimo dia de evento, cerca de 215 mil pessoas passaram pela estrutura montada na Praça Cívica.

Acredito que um governo só vai bem quando as pessoas estão bem. Neste mês da mulher, o Governo de Goiás realiza este megaevento, podendo oferecer todo apoio às mulheres goianas”, ressalta a coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado. “Queríamos realmente homenagear essas guerreiras, mulheres de fibra, batalhadoras, que constroem no dia a dia esse estado pujante”, completa.

A iniciativa do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) reúne 15 órgãos estaduais e parceiros, com oferta de 40 serviços gratuitos em um único local. Entre eles estão cadastro para benefícios sociais; emissão de documentos; e entregas de cartões de programas como Mães de Goiás e Goiás Por Elas, além de espaço de beleza e autocuidado.

Ao lado da primeira-dama, o governador Ronaldo Caiado visitou os estandes montados na Praça Cívica na última quinta-feira (7). Na ocasião, o gestor destacou o protagonismo das mulheres na construção de um estado cada vez mais forte. “O que o Governo de Goiás está fazendo é trazer dignidade, autonomia e independência para as mulheres. Hoje o Goiás Social faz com que ela seja responsável pelo seu próprio negócio, tenha autonomia e independência financeira para estar onde quiser“, destacou.

A ideia inicial era que o evento terminasse na última sexta-feira (8), Dia Internacional das Mulheres, mas o sucesso foi tamanho que o governador Ronaldo Caiado determinou que a ação se estendesse até este sábado (9), contemplando mulheres que por algum motivo não puderam comparecer durante a semana.

*Balanço de ações* 

Durante o evento foram entregues 10.338 cartões do programa Mães de Goiás, 945 do Dignidade e 100 do Goiás por Elas. Já a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) distribuiu 8.635 benefícios, como andadores, bengalas, cadeiras de rodas, fraldas, enxovais e leites especiais para bebês.

Na área da saúde foram realizados testes com 1.592 diagnósticos para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), como HIV, sífilis e hepatites, além de 41 mamografias e 29 exames de citopatologia. Aferição de pressão e glicemia tiveram 1.714 atendimentos, e 292 pessoas foram imunizadas com vacinas contra dengue, HPV, tríplice viral, febre amarela, covid-19 e hepatite B. Também foram realizados 276 atendimentos de auriculoterapia e 709 atendimentos do Complexo Homeopático para Dengue.

A professora Marise Ribeiro, de 57 anos, ficou sabendo da ação pela TV e resolveu aproveitar os cuidados oferecidos. De unha feita e toda maquiada, ela elogiou a iniciativa: “Estou me sentindo uma madame, fiquei muito contente. Nós, mulheres, somos guerreiras, merecemos esse presente”.

*Serviços*

Durante o evento foram ofertadas também quatro mil vagas de empregos, além de cursos profissionalizantes totalmente gratuitos dos Colégios Tecnológicos de Goiás (Cotecs) e oficinas de ovos de Páscoa. Na tenda da Educação, profissionais deram suporte para efetuar matrículas na rede estadual de ensino, modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) e projeto Alfabetização e Família.

No estande da Saneago o público pôde se cadastrar na tarifa social, negociar débitos e retirar a 2ª via de contas. O evento também contou com a doação de 30 geladeiras e a distribuição de lâmpadas de LED pela Equatorial.

No Vapt-Vupt, foram emitidas carteiras de identidade e cadastros de pessoa física (CPF), além de realizados atendimentos no Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran), no Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo); na Goiás Previdência (GoiasPrev) e multifuncionais.

Muitas pessoas não têm condições de pagar por um documento e eventos como esse ajudam muito as pessoas”, disse a dona de casa Maria de Lourdes que procurou a unidade para fazer um novo RG.

Esse evento foi realmente especial por ter esse espaço dedicado às mulheres goianas e ver que milhares conseguiram sair daqui com sua documentação, seu exame, benefícios sociais e muito mais nos enche de alegria. O Goiás Social segue cumprindo com seu papel de garantir direitos a quem mais precisa”, finaliza Gracinha Caiado.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário