INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Goiás Social: OVG fornece malhas compressivas para vítimas de queimaduras

Goiás Social: OVG fornece malhas compressivas para vítimas de queimaduras

de Antônio Paulino
948 visitas

O Governo do Estado, por meio do Goiás Social, oferece apoio para auxiliar na recuperação de vítimas de queimaduras. A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) realiza a confecção e doação de malhas compressivas e tem atendido crianças e adultos em situação de vulnerabilidade social dos 246 municípios goianos, além de outros estados, como Tocantins, Maranhão, Ceará e Pará.

De 2019 para cá, o número de peças doadas pela OVG cresceu em 35%. As malhas compressivas são de fundamental importância na recuperação das vítimas de queimaduras, pois funcionam na prevenção e tratamento de cicatrizes hipertróficas e queloides, que podem provocar sequelas. As peças, que não são fornecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e podem custar a partir de R$ 300, são oferecidas gratuitamente pelo Governo de Goiás.

Cada vítima de queimadura atendida pela OVG recebe duas unidades de malhas sob medida. “Trabalhamos de forma a promover o bem-estar, a humanização e a qualidade de vida de todos aqueles que mais precisam, inclusive vítimas de queimadura”, afirma a presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, que acrescenta: “Goiás tem o diferencial de prestar um atendimento humano aos que mais precisam”.

*Benefício*

Para ganhar a malha compressiva, as vítimas de queimaduras precisam apresentar documentos pessoais e receita médica e de um fisioterapeuta com todas as especificações para que a peça seja feita sob medida.

Mensalmente, a Organização atende cerca de 30 pessoas que estão em busca da confecção da primeira peça. Além de fabricar a malha compressiva no prazo de até 15 dias, caso seja necessário, a OVG também realiza ajustes e trocas de peças desgastadas. Só no primeiro mês de 2024, 95 pessoas foram atendidas. A grande maioria dos acolhidos são vítimas de choques elétricos, acidentes de trânsito e tentativas de homicídio e feminicídio.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário