INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Mulheres são maioria dos beneficiados por programas do Estado para agricultura familiar

Mulheres são maioria dos beneficiados por programas do Estado para agricultura familiar

de Antônio Paulino
973 visitas

Celebrado nesta sexta-feira (8/3), o Dia Internacional das Mulheres exalta a força e a determinação feminina e mantém viva a luta histórica por mais espaços e direitos em todos os setores. Assim como na cidade, o protagonismo delas no campo é crescente, e já são maioria em programas e ações do Governo de Goiás voltados ao setor rural. É o caso do PAA Goiás, do Crédito Social e do Fomento Rural, que integram o Goiás Social, com gerência da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em parceria com outros órgãos e entidades, como o Gabinete de Políticas Sociais (GPS).

No último edital do PAA Goiás, 55% das propostas selecionadas foram enviadas por mulheres. De modo semelhante, no último ano, as produtoras rurais também foram maioria nos programas Crédito Social (65% dos beneficiários) e Fomento Rural (84%).

Além disso, as mulheres também marcam presença no Projeto de Fruticultura Irrigada do Vão da Paranã. Para a produtora rural Luciana de Neves, que comanda plantações de maracujá e manga em sua propriedade na região, as mulheres têm um cuidado especial com a produção. “A gente faz a polinização com muito capricho, que é para garantir que as frutas vão nascer”, explica.

*Apoio*

Ações como o Programa de Aquisição de Alimentos Estadual (PAA Goiás) têm sido fundamentais para impulsionar a produção familiar e o trabalho das mulheres no campo. Os beneficiários – homens e mulheres – recebem apoio financeiro e técnico para desenvolverem suas atividades agrícolas, contribuindo não apenas para o próprio sustento, mas também para o segurança alimentar da população em geral.

Por meio do Crédito Social, representantes de famílias em situação de vulnerabilidade têm acesso a cursos de capacitação profissional em avicultura, horticultura, apicultura e outros segmentos produtivos. Quem preenche os requisitos do programa também recebe repasse de recurso para investir na estruturação das atividades para as quais foram capacitadas.

Já o Fomento Rural, que tem o objetivo de ajudar os beneficiários a conquistar a segurança alimentar e nutricional e superar a situação de pobreza, combina acompanhamento social e produtivo e transferência direta de recursos financeiros não-reembolsáveis, no valor de R$ 4,6 mil, para que as famílias rurais mais pobres desenvolvam seus projetos produtivos.

Titular da Seapa, o secretário Pedro Leonardo Rezende destaca a importância do apoio do Governo de Goiás às mulheres do campo. “As mulheres não apenas compõem a maioria dos beneficiários dos nossos programas, mas também desempenham papel fundamental na produção agrícola. E, neste sentido, o apoio do Governo de Goiás não só reconhece o valor desse trabalho feminino, mas impulsiona o seu potencial para transformar suas comunidades”, destaca.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário