Início » “Pacientes com câncer terão atendimento de excelência no Cora”, destaca Daniel Vilela

“Pacientes com câncer terão atendimento de excelência no Cora”, destaca Daniel Vilela

de Antônio Paulino
10406 visitas

O governador em exercício Daniel Vilela fez nesta terça-feira (25/6) visita técnica às obras do Complexo Oncológico de Referência do Estado de Goiás (Cora), localizado às margens da BR-153/GO, próximo às Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa) e ao aeroporto Santa Genoveva. 

Daniel constatou que 60% das obras estão concluídas e a previsão é de 148 leitos totais, incluindo ala pediátrica para tratamento de crianças e adolescentes com câncer. A primeira etapa foi orçada em R$ 192 milhões e será custeada com recursos do Tesouro Estadual.

O Cora terá o que há de melhor no que diz respeito à medicina oncológica infantil. Teremos uma unidade de referência para o Brasil, que proporcionará conforto e tranquilidade aos pacientes e seus familiares”, destacou o governador em exercício. “Trata-se de um projeto que saiu do papel graças à determinação do governador Ronaldo Caiado, que não abrirá mão de um atendimento de excelência aos goianos que vierem aqui.”

Também participaram da vistoria ao complexo oncológico o secretário de Estado da Saúde (SES), Rasível Santos; o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes, Santos Filho; e Henrique Duarte Prata, presidente da Fundação Pio XII, entidade mantenedora do Hospital de Amor – referência nacional em atendimento a pacientes com câncer situado em Barretos (SP). 

“É lamentável dizer que nosso país não tem hoje como tratar corretamente metade das crianças que enfrentam um câncer. Por isso a importância desta estrutura em Goiás, que vai assegurar um índice de cura altíssimo, muito superior ao de hospitais dito ‘comuns’”, afirmou Henrique Prata. 

O Cora foi idealizado pelo governador Ronaldo Caiado para ser o maior hospital público – com tecnologia de ponta – para tratamento de câncer da região Centro-Oeste, e a Fundação Pio XII está na linha de frente das obras, uma vez que o objetivo do Governo de Goiás é aproveitar toda a expertise utilizada na unidade de Barretos, em funcionamento há 62 anos e que chega a receber até nove mil goianos por ano. 

A construção de quartos exclusivos para crianças que estiverem em estado terminal em função do estágio avançado do câncer é um exemplo de tratamento humanizado empregado em terras paulistas e que será replicado no Cora. Nesta visita técnica, Daniel conheceu o espaço onde ficarão sete leitos para cuidados paliativos destes pacientes, que terão direito à presença ininterrupta de toda a família – que receberá alimentação completa.

“Isso é garantir dignidade àqueles que, infelizmente, não puderam experimentar da cura. Em seus momentos finais, serão tratados com respeito e muito amor”, sublinhou Daniel Vilela. 

*Estrutura*

Durante a vistoria, o secretário de Saúde lembrou que a construção do Cora desafogará o atendimento no Hospital de Câncer Araújo Jorge (HAJ) – que é mantido por entidade filantrópica – e irá trazer mais tranquilidade e conforto para pacientes de Goiás que procuravam auxílio médico no Hospital de Amor, em Barretos. Após a futura inauguração do complexo oncológico, eles poderão permanecer por aqui, perto de seus familiares. 

Finalizada a ala pediátrica, os esforços voltam-se para a área onde serão disponibilizados 100 leitos para pacientes adultos. O Cora também terá centro cirúrgico, farmácia, centros de exames, reabilitação e de quimioterapia, ala de prevenção ao câncer, serviços de diagnóstico, espaço para infusão de medicamentos, área de lazer e um alojamento para receber familiares de pacientes. Ao todo, serão 44 mil metros quadrados de área construída. A Goinfra faz a supervisão de todos os serviços atualmente em execução.

O complexo oncológico ainda fará procedimentos de alta complexidade, como transplante de medula óssea. Todos os atendimentos serão realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A Fundação Pio XII participará da gestão do hospital. 

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário