Início » Em Rio Verde, empresário avisa ex-cunhada que mataria a ex-esposa; depois ele se matou

Em Rio Verde, empresário avisa ex-cunhada que mataria a ex-esposa; depois ele se matou

de Antônio Paulino
1112 visitas

O empresário Oswaldo Fuga Filho, de 55 anos, é o principal suspeito do assassinato da massagista Dalvanira Alves Martins Fuga, de 44 anos. A mulher foi morta a tiros enquanto dormia, na madrugada deste sábado (27/1), em Rio Verde, no sudoeste goiano. Após o crime, o homem tirou a própria vida.

A Polícia Militar esteve no local do crime e foi informada que o empresário teria enviado uma mensagem para a irmã da vítima dizendo que cometeria o crime. Como a mulher não reside na cidade, ela avisou familiares para que se dirigissem até a casa da Dalvanira, mas, quando chegaram, ex-casal já estava morto.

Relação conturbada

De acordo com familiares, a massagista e o empresário estavam juntos há mais de 20 anos, porém, o relacionamento seria conturbado com idas e vindas. Atualmente, eles estariam separados. O homem conseguiu entrar na residência e matá-la pois tinha a chave do local.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário