Início » Lutador esmaga cabeça de colega de cela com 40 socos, na Penitenciária da Papuda, no DF

Lutador esmaga cabeça de colega de cela com 40 socos, na Penitenciária da Papuda, no DF

de Antônio Paulino
847 visitas

O furto de duas bermudas teria sido o estopim para o espancamento de um detento do Complexo Penitenciário da Papuda, nessa quinta-feira (11/12). A agressão foi cometida por outro interno, um lutador de MMA que praticou boxe e jiu-jitsu ao longo de toda a vida. A vítima, que corre risco de morte cerebral, levou 40 socos e sofreu afundamento no crânio, além de ter a cabeça dilacerada.

O detento lutador é Caio Henrique Batista da Silva, 29 anos. Ele dividia a cela 10 da Ala G com André da Silva Lopes, 26, o agredido. O autor do espancamento cumpre pena há nove anos pelos crimes de assalto, porte de arma e receptação e nunca havia brigado com outros presos. Em depoimento, ele contou ter agredido o colega de cela após uma discussão envolvendo o suposto furto de duas peças de roupa.

Aos policiais, o presidiário disse que levou um soco de André após confrontá-lo sobre onde estariam as bermudas. Após supostamente ser agredido, Caio disse ter partido para cima do colega de cela, o atingindo com pelo menos 40 golpes na cabeça e no tronco. Logo em seguida, teria começado a gritar que havia um interno passando mal.

Sem remorso

Aos policiais penais, o detento disse que havia agredido o outro interno em razão do furto das bermudas e não expressou nenhum arrependimento pelos fatos, tendo afirmado que “arrebentou ele mesmo”. Caio relatou, ainda, que se André não fosse socorrido para o hospital ele “morreria lá mesmo”.

Com informações do Portal Metrópoles

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário