Início » Mulher de 44 anos, condenada a 112 anos e seis meses de prisão por três estupros, foi detida nesta quinta-feira, 4, em Pontalina

Mulher de 44 anos, condenada a 112 anos e seis meses de prisão por três estupros, foi detida nesta quinta-feira, 4, em Pontalina

de Antônio Paulino
14426 visitas

Ela omitiu os crimes e intimidou os filhos, de 23, 21 e 6 anos de idade, para não denunciar o próprio pai, responsável por abusar das vítimas sucessivamente durante anos.

O pai, de acordo com a delegada Tereza Nabarro, foi preso em fevereiro deste ano. Assim como a esposa, ele foi condenado por três estupros contra os dois filhos maiores e contra a criança menor de idade, cuja pena chegou a 120 anos, 10 meses e 15 dias. 

“A investigação se iniciou em 2023, depois que os dois filhos mais velhos denunciaram os abusos do pai, na tentativa de salvar a irmã menor do abusador. Esses abusos aconteceram durante muito tempo”, explicou.

A mulher respondia o processo em liberdade, mas acabou sendo detida depois que a Polícia Civil de Goiás (PCGO) constatou que ela não tinha participação ativa nos estupros, mas convivia e tentava camuflar os crimes praticados pelo marido contra os filhos. A conclusão ocorreu depois de depoimentos das vítimas prestados à corporação.   

0 comentario
1

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário