Início » Policial penal que agrediu mulher em distribuidora de Senador Canedo vai continuar no xilindró, decide Justiça

Policial penal que agrediu mulher em distribuidora de Senador Canedo vai continuar no xilindró, decide Justiça

de Antônio Paulino
11803 visitas

O policial penal Eiryan Valcley, que foi filmado agredindo uma mulher em uma distribuidora de bebidas de Senador Canedo, vai continuar no xilindró. Foi o que a Justiça de Goiás decidiu nesta quinta-feira (11). A prisão do policial foi convertida de flagrante para preventiva.

Violência

A mulher foi agredida com socos e coronhadas pelo policial penal e um outro homem, após ela se recusar a ter relações sexuais com eles. O crime aconteceu na terça-feira (10).

O que disse a vítima

Uma câmera de segurança registrou o momento em que a mulher aparece levando vários socos dos dois homens, enquanto um terceiro elemento acompanha as cenas de agressão

A vítima relatou na delegacia que os dois a abordaram e após ela se recusar a ficar com eles, as agressões começaram. Ela disse que o policial suspeito chegou a atirar para o alto como forma de intimidação.

Após a mulher ter ido embora, os dois aparecem no vídeo procurando as cápsulas das balas disparadas para tentar ocultar as provas.

O que disse a vítima

O segundo suspeito, Marcos Vinícius Sousa, está sendo procurado pela polícia e segue foragido até o momento. O homem que acompanhou a cena também é procurado para dar depoimento.

Com informações do Goiás 24 Horas

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário