INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Promotor que chamou advogada de ‘feia’, durante audiência em Santo Antonio do Descoberto, disse que criaram uma armadilha pra ele

Promotor que chamou advogada de ‘feia’, durante audiência em Santo Antonio do Descoberto, disse que criaram uma armadilha pra ele

de Antônio Paulino
1715 visitas

O promotor de Justiça Douglas Chegury, que provocou a anulação de um júri após chamar uma advogada de “feia” durante audiência em Santo Antônio do Descoberto, conversou com o Mais Goiás para apresentar sua versão e disse que caiu em uma “armadilha”, criada pela defesa para tumultuar o julgamento.

Você pode ver que a minha sustentação foi de mais de duas horas, duas horas e trinta, e ela gravou exatamente o momento em que ela se dirige ao juiz e depois a mim, de forma sarcástica, irônica, provocativa e ofensiva, faz essa gravação. Ela então me ofende e me manda um beijo, faz um gesto com a boca. E aí realmente o sangue subiu, a adrenalina em alta… eu tenho 25 anos de casado, sou uma pessoa séria e honesta. Tenho filhos. Eu retorqui. Eu admito que chamei ela de feia. Caí na armadilha deles, porque foi uma armadilha que esses advogados criaram com o objetivo de tumultuar o julgamento”, diz Chegury ao Mais Goiás.

Pelo áudio você percebe ela diz “tá anulado, tá anulado, revoga a prisão do meu cliente”. Esse era o objetivo deles desde o início. Ao contrario dos demais advogados que estavam lá no processo. E depois ela tenta se colocar de vítima, quando na verdade ela foi a assediadora. Imagina se eu, como promotor de Justiça, tivesse dito pra ela “um beijo pra você. Pra senhora, doutora”. Eu teria sido crucificado”, completa o promotor.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário