INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » O indiciamento por importunação sexual de mascote do Inter

O indiciamento por importunação sexual de mascote do Inter

de Antônio Paulino
1330 visitas

No jogo entre Inter e Grêmio, no dia 25 de fevereiro, em Porto Alegre, a jornalista Gisele Kümpel relatou ter sido abraçada e beijada sem consentimento por Gustavo Acioli Astarita, mascote do Internacional logo após o gol da vitória da equipe colorada. Após a partida, ela foi à delegacia da Polícia Civil no Estádio Beira-Rio e registrou um boletim de ocorrência contra o funcionário.

Nesta quinta-feira, 14, o inquérito policial, que investigou o caso, foi divulgado e o homem foi indiciado por importunação sexual. Ele admitiu, em depoimento à polícia, que beijou a repórter à força. De acordo com a delegada Cristiane Ramos, Gustavo teria dito que teve o comportamento abusivo para “tirar uma onda”.

O inquérito policial será enviado ao Ministério Público, que pode oferecer denúncia ou não contra o suspeito. Ele também foi demitido da equipe do Internacional.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário