Início » Uma criança de 4 anos faz vídeos eróticos, em Trindade, e envia para contatos da avó; menina contou que o namorado da avó foi quem ensinou ela a filmar

Uma criança de 4 anos faz vídeos eróticos, em Trindade, e envia para contatos da avó; menina contou que o namorado da avó foi quem ensinou ela a filmar

de Antônio Paulino
749 visitas

Um homem de 43 anos foi preso suspeito de mostrar material pornográfico e estuprar a neta da esposa em Trindade, na Região Metropolitana da capital goiana. O crime foi descoberto depois que a menina, de 4 anos, se filmou nua e em posições eróticas e encaminhou os vídeos para contatos no celular da avó.

O homem, que trabalha como porteiro, foi preso nessa quarta-feira (25/10). Ao ser questionada, a criança disse que foi ensinada pelo “avô”, que, na verdade, não tem laço biológico com a vítima.

As investigações começaram em setembro deste ano. De acordo com a delegada responsável pela apuração, Cássia Borges, a menina estava na casa da avó e estava brincando com o celular dela. Sem que a avó percebesse, a menina gravou um vídeo em que está nua e em posições eróticas.

Em seguida, encaminhou aleatoriamente para quatro homens da lista de contato. Ao receber o vídeo, um dos homens avisou a família sobre o material.

Na quarta-feira, a polícia cumpriu o mandado de prisão contra o homem e apreendeu objetos eletrônicos como celulares e pen drives para verificar se há algum tipo de material com conteúdo perigoso.

Criança disse que era “segredo como avô”

A criança teve atendimento psicológico na delegacia e disse que esse era “um segredo com o avô” e que o homem pedia para ela dançar e mandar áudios “como nos filmes pornográficos”.

A polícia suspeita que a vítima também possa ter sido estuprada. Conforme a delegada, a possibilidade não é descartada, tendo em vista que, no primeiro contato, a criança estava inibida e com receio de prejudicar o avô. O laudo médico de corpo de delito confirma que não houve conjunção carnal, mas segundo ela, podem ter havido outros atos libidinosos.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário