Início » Filho filma sessões de tortura contra o próprio pai enquanto idoso grita de dor, diz polícia

Filho filma sessões de tortura contra o próprio pai enquanto idoso grita de dor, diz polícia

de Antônio Paulino
641 visitas

Um homem de 42 anos foi preso suspeito de filmar sessões de tortura contra o pai, um idoso de 69 anos, e postar na internet, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Vídeos mostram dois momentos dos crimes, em um deles o idoso deitado gritando de dor. Em outro, ele está sentado em uma cadeira, sem roupa, e sem conseguir sequer conversar.

O nome do filho não foi divulgado. Por isso, o g1 não localizou a defesa dele até a última atualização desta reportagem.

O resgate do idoso aconteceu na última quinta-feira (5), após a Assistência Social informar que os registros da tortura foram publicados no “status” do WhatsApp do suspeito dois dias antesA força-tarefa para localizar o autor das imagens contou com apoio também da Polícia Militar.

A Polícia Civil (PC) disse que o idoso estava em uma situação degradante, com falta de ar, hematomas, com urina e fezes no seu corpo e deitado em uma cama em um depósito de peças automotivas.

“Jogos Mortais”

A operação para resgatar o idoso e prender o filho foi nomeada de “Jogos Mortais”. Segundo a Polícia Civil, a vítima não conseguia conversar, nem parar em pé.

No local do resgate, os policiais encontraram sangue da vítima no chão. No pescoço, marcas indicavam esganadura. Além disso, a polícia detalhou que havia uma corda na parede, que funcionava como “coleira” para manter a vítima ereta, sem roupas e presa em um colar cervical manchado de sangue.

Divulgado pela polícia, o relatório médico apontou que o idoso tinha sinais de espancamento e hematomas espalhados pelo corpo que indicavam a repetição da violência em períodos diferentes.

Com informações do G1 Goiás

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário