Início » Queimadas: Equatorial Goiás alerta para aumento dos focos perto da rede elétrica

Queimadas: Equatorial Goiás alerta para aumento dos focos perto da rede elétrica

de Antônio Paulino
10593 visitas

O clima mais seco de junho começou a antecipar um cenário bastante conhecido pelos goianos: as queimadas, que são mais comuns a partir do mês de agosto. Pequenos focos de incêndios em rodovias goianas e em lotes baldios de Goiânia começam a chamar atenção. De olho neste cenário, a Equatorial Goiás intensifica ações preventivas ao longo do circuito elétrico, como limpeza de faixas de servidão, podas de árvores e arbustos e remoção da vegetação ao redor dos postes, principalmente nas redes de média e alta tensão, as maiores prejudicadas com o fogo. A principal orientação, no entanto, continua sendo não provocar incêndios próximos à rede. 

Para se ter uma ideia, de janeiro a maio deste ano, a concessionária registrou 42 ocorrências relacionadas às queimadas que interferiram na rede elétrica em todo o estado, enquanto em 2023 foram contabilizados 18 registros, um aumento médio de 133%. As cidades com o maior número de casos são Senador Canedo, Santo Antônio do Descoberto e Quirinópolis. No total, 40 cidades goianas tiveram problemas com queimadas até o momento.

No dia 4 de maio deste ano, parte da rede de distribuição da Equatorial Goiás sofreu danos devido a uma queimada em um lixão clandestino localizado próximo da Linha de Distribuição de Alta Tensão que abastece a Subestação Iporá/Israelândia. O incêndio foi registrado por volta do meio-dia e provocou o rompimento de cabos, interrompendo o fornecimento de energia para os municípios de Israelândia, Jaupaci, Fazenda Nova, Moiporã, Piloândia e Moiporá. 

Inicialmente, quase nove mil clientes foram afetados. Por meio de manobras telecomandadas manuais, as equipes da concessionária conseguiram restabelecer a energia para a maioria dos clientes afetados em um curto período de tempo. Duas horas após o incidente, 97,5% dos consumidores tiveram o fornecimento restabelecido. A situação foi completamente normalizada ainda no mesmo dia. “Assim que identificamos a interrupção do fornecimento de energia, nossas equipes foram mobilizadas imediatamente para avaliar a situação e iniciar os procedimentos de reparo. Por meio de ações rápidas e coordenadas, conseguimos minimizar os impactos para os clientes afetados e restaurar o serviço o mais rápido possível”, afirmou o superintendente da Equatorial Goiás na Região Sudoeste, Adriano Coloni. 

A Equatorial Goiás realiza o monitoramento dos focos de incêndio próximos às redes elétricas. “Nossa orientação à população é para não originar incêndios em qualquer tipo de material, por menor que seja o volume, próximo à rede elétrica, pois o fogo pode, além de provocar o desligamento das cargas, danificar os equipamentos e provocar danos estruturais, o que pode resultar em graves acidentes”, alerta o gerente do Centro de Operações Integradas (COI) da concessionária, Vinicyus Lima. 

A queimada próxima da rede elétrica além de danificar os equipamentos e cabos, prejudicando o fornecimento de energia para os clientes da região traz o risco de acidentes já que um dos grandes perigos é que, quando um cabo é partido, ele pode continuar energizado e gerar curtos-circuitos ou descarga elétrica caso ocorra o toque. 

Também é possível que o cabo partido aumente o incêndio ou crie um novo foco. A principal dica é que, em caso de incêndio, deve-se acionar os bombeiros e, em falta de energia, posteriormente, a Equatorial Goiás. É importante lembrar que provocar queimadas, tanto em área rural quanto urbana, é crime com pena de de 1 a 4 anos de reclusão, além de gerar multa para quem realizar esse tipo de prática. Se atingir a rede elétrica, o fogo pode chegar a vários metros de fios energizados, o que pode aumentar consideravelmente o tempo do fornecimento de energia elétrica interrompido. 

A concessionária reforça que os clientes podem e devem fazer denúncias de forma anônima por meio dos canais de atendimento: 

– Aplicativo Equatorial Goiás, disponível para download no Android e iOS; 

– Agência virtual no site www.equatorialenergia.com.br

– Call Center 0800 062 0196; 

Confira dicas para evitar acidentes com queimadas:

• Não jogar pontas de cigarro próximas às vegetações ou às margens de rodovias; 
• Não queimar lixos em qualquer cenário 
• Não acender fogueiras, principalmente próximas à rede elétrica e/ou vegetações. 

Reconstrução da rede

A Equatorial Goiás segue, desde o início de sua operação no estado, há pouco mais de 1 ano, focada na reconstrução da rede elétrica do estado. No ano passado, foram realizados investimentos de mais de R$ 2 bilhões em ações de recuperação do sistema. 

A companhia ressalta que o desafio pela reconstrução da rede continua. Em 2024, o foco segue na recuperação do sistema elétrico e num ritmo constante de ações e investimentos. Para se ter uma ideia, apenas no 1º trimestre deste ano as equipes da concessionária já concluíram 131.069 obras em todo o estado, avanço de 98% na meta, e milhares de outras já estão programadas e com datas para sair do papel. A distribuidora tem convicção de que os goianos vão sentir, ainda mais, os efeitos deste trabalho. 

Sobre a Equatorial Goiás 

A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem mais de 14 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km². 

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário