INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Centro de Dependentes Químicos de Catalão – CDQC é inaugurado pelo prefeito Adib Elias em Catalão

Centro de Dependentes Químicos de Catalão – CDQC é inaugurado pelo prefeito Adib Elias em Catalão

de Antônio Paulino
1471 visitas

A manhã desta segunda-feira (11/03) foi bastante comemorada pelas pessoas que presenciaram a inauguração do Centro de Dependentes Químicos de Catalão (CDQC), no Bairro Conquista.

Único complexo público em Goiás com estrutura e profissionais capacitados para atuarem 24 horas no atendimento aos dependentes químicos, o CDQC conta com 2.131 m² de área construída, em uma área total de 15.000 m². A clínica segue todas as normas e exigências vigentes de funcionamento e custou R$ 10 milhões ao Tesouro Municipal.

Emocionado, o prefeito de Catalão, Abib Elias, disse que o investimento público neste segmento de tratamento de dependentes químicos é um dos poucos no Brasil. “Catalão mais uma vez dá passos à frente quando o assunto é saúde pública. É a realização de um sonho das famílias que lutam pela recuperação de um ente viciado em drogas ou álcool; dos meus colegas médicos e de todas as pessoas que integram a rede de proteção à saúde e à vida no município”, disse.

O CDQC tem 65 leitos masculinos e 29 femininos; consultórios (clínico geral, psicologia, psiquiatria, assistência social e terapia ocupacional) e salas de enfermaria; refeitório completo; piscina; quadra poliesportiva; campo de futebol e galpão para oficinas profissionalizantes.

No seu pronunciamento na solenidade de inauguração, o psicólogo Rafael Metsavaht, diretor do CDQC, ressaltou que o funcionamento da nova clínica irá beneficiar diretamente as famílias que não têm condições de pagar tratamento em clínicas particulares, repercutindo no resgate da paz, sossego e saúde de todos. “O nível de sucesso no tratamento contra as drogas começa no desejo verdadeiro e na intenção do usuário em se ver livre deste mal”, disse.

Homenagem à Dona Joaninha
Entre as muitas autoridades do Sudeste de Goiás que participaram da inauguração, a figura do ex-prefeito de Catalão, Haley Margon Vaz, se destacou. Ao lado da filha Letícia Margon e do neto Rodrigo Margon, Haley representou a homenageada, Dona Joana Gomide Margon, esposa dele, que morreu em 30 de julho de 2020, aos 86 anos.

Pelo fato de Dona Joana Magon ter sido uma das precursoras nas ações de reabilitação de alcoólatras e toxicômanos em Catalão, na época em que era primeira-dama, o prefeito Adib – que trabalhou voluntariamente com ela no início da carreira de médico, nos anos de 1980, pediu a denominação do CDQC em homenagem à Dona Joaninha, como era carinhosamente conhecida. A homenagem foi aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Catalão.

SECOM | Prefeitura de Catalão

0 comentario
1

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário