Início » Em Goiás, professores efetivos são maioria na Rede Estadual de Educação

Em Goiás, professores efetivos são maioria na Rede Estadual de Educação

de Antônio Paulino
3646 visitas

O último concurso público para professores, realizado pelo Governo de Goiás em 2022, tem contribuído para o aumento de educadores efetivos na Rede Estadual de Educação. Ao todo, foram 5.050 candidatos aprovados, convocados e empossados conforme cronograma estabelecido no edital do certame.

Somente em 2023, mais de 1.200 novos professores foram convocados e passaram a integrar o quadro de efetivos. Em 2024, outros 631 foram chamados e estão em processo de nomeação e posse. Com o ingresso dos novos profissionais, o número de professores efetivos na rede estadual chega a 17.236. A quantidade representa 64,53% dos 26.708 educadores que, hoje, trabalham na educação estadual. 

A realização do concurso público representa o esforço do Governo de Goiás em reduzir o número de professores com contratos temporários na rede pública estadual. Atualmente, são 9.472 educadores temporários.  No entanto, a perspectiva é que esse número seja reduzido até o ano de 2026, prazo previsto para que ocorram as últimas convocações do certame.

Conforme cronograma do Edital nº 007/2022, que rege o concurso público, outras duas nomeações devem ocorrer no ano de 2024: uma no mês de setembro e outra no mês de outubro.  As nomeações estão previstas para ocorrerem até 2026, totalizando cerca de 5 mil novos professores efetivos na rede. 

Em 2019, no início do atual Governo, a Secretaria de Educação de Goiás ainda convocou 500 novos professores remanescentes do concurso realizado em 2018 que previa a contratação de 900 docentes para o quadro permanente da pasta.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário