INFRAESTRUTURA-NOVO
Início » Após manifesto, CALU inicia negociações para regularizar pagamentos atrasados de produtores de leite de Goiás

Após manifesto, CALU inicia negociações para regularizar pagamentos atrasados de produtores de leite de Goiás

de Antônio Paulino
643 visitas

Com informações do Portal Zap Catalão

Na manhã de terça-feira, 31 de outubro, mais de 100 produtores de leite da região de Catalão se uniram em um manifesto denominado “Ato do Leite”, ocorrido em frente à sede da Cooperativa Agropecuária de Uberlândia (CALU), situada na cidade mineira de Uberlândia. Os manifestantes, munidos de faixas e um carro de som, protestaram contra a falta de pagamento por parte da cooperativa, que tem gerado dificuldades financeiras para os produtores.

Em nota oficial, a CALU admitiu as dificuldades financeiras enfrentadas devido a uma crise na empresa que já persiste há mais de uma década. A situação se agravou recentemente devido às adversidades no cenário econômico do setor leiteiro.

Acordo

Em busca de uma solução, Wender Antônio Ferreira, presidente da Cooperativa Agropecuária de Catalão (COACAL), e alguns produtores se reuniram com a diretoria da CALU, na sede da empresa. De acordo com Wender, foi feita uma ata que será oficializada no Conselho. Conforme discutido durante a reunião, a CALU está estabelecendo uma parceria com a CCPR – Central das Cooperativas de Produtores Rurais na tentativa de quitar os pagamentos atrasados do leite. Caso a totalidade da dívida não seja paga, a cooperativa oferecerá imóveis como garantia. No entanto, todas essas decisões serão tomadas na próxima terça-feira, 07 de novembro, após aprovação pelo conselho da CALU.

A dívida da CALU com os produtores chega a aproximadamente 6 milhões de reais, afetando cerca de 213 produtores, incluindo associações, e impactando diversos municípios na região de Catalão. À época, a produção de leite fornecida à Cooperativa de Uberlândia alcançava cerca de 50 mil litros por dia, e as negociações eram intermediadas pelos produtores, com o apoio da Cooperativa Agropecuária de Catalão, à qual estão associados.

NOTA OFICIAL AOS COOPERADOS E PRODUTORES

Prezados Cooperados e Produtores,

A crise enfrentada pela Cooperativa Agropecuária Limitada de Uberlândia – CALU, decorrente de uma série de desafios enfrentados já há mais de uma década, foi agravada pelas adversidades do cenário econômico leiteiro.
Como é de conhecimento de todos, diante do atual panorama econômico e financeiro, infelizmente, os pagamentos não foram efetuados conforme o previsto.

Na data de hoje pela manhã, cooperados e produtores foram recebidos pela Diretoria na sede da CALU para discussão das alternativas de regularização da situação.

A boa notícia é que houve evolução nas negociações para retomarmos a normalidade das operações nas próximas semanas, caminhando para o bom funcionamento e sustentabilidade financeira da nossa cooperativa.

Também a direção da CALU está neste momento em Brasília reunida com autoridades em busca de soluções para pagar a produção já entregue. Esperamos uma notícia positiva a qualquer momento.

Compreendemos os desafios que esta situação trouxe para cada um e queremos assegurar que estamos empenhados em encontrar soluções rápidas e eficazes para juntos superarmos a crise.

Solicitamos a compreensão de todos os nossos cooperados e produtores, aproveitando a oportunidade para reforçar o compromisso da Cooperativa Agropecuária Limitada de Uberlândia em vencermos esses obstáculos, garantindo a transparência e a cooperação de todos os envolvidos.

Cordialmente,

Uberlândia, 31 de outubro de 2023.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário