Início » Morre Bariani Ortêncio aos 100 anos de idade, ícone da cultura, do esporte e do folclore goiano

Morre Bariani Ortêncio aos 100 anos de idade, ícone da cultura, do esporte e do folclore goiano

de Antônio Paulino
783 visitas

Waldomiro Bariani Ortêncio, um dos principais nomes da produção cultural de Goiás, morreu na tarde desta sexta-feira (15) de dezembro, em Goiânia, aos 100 anos de idade. Ele tratava de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), sofrido no ano passado. Barini estava em casa, cercado pela familia.

O velório está previsto para as 6h desta sábado, 16, na capela do cemitério Jardim das Palmeiras. Bariani era escritor, folclorista e compositor. completou um século de vida em julho deste ano. Bariani sofreu um AVC no carnaval de 2022. Desde então recebia visitas de amigos e familiares em casa.

Paulistinha, como era chamado o jovem Bariani, foi goleiro campeão no Atlético em 1944. Ele era também alfaiate e por isso costurou as faixas de campeão do time naquele ano. O depoimento está no documentário dirigido por Cristiano Silva, editor do G24H, chamado Atlético de Todos os Tempos.

Homem simples, de riso fácil, meio mineiro, meio goiano, Bariani não era de cultivar ostentação, embora deixe um enorme legado, entre livros, causos e grande conhecimento da cultura popular, se portava com naturalidade. Foi dono do famoso bazar Paulistinha. Seu filho, Cláudio é um dos donos do bar Glória, setor Oeste em Goiânia.

0 comentario
0

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário